BATE-PAPO COM ANA MACHADO SINGLE "DESCONEXÃO"
01/11/2020 11:25 em Música
 
BATE-PAPO COM ANA MACHADO  SINGLE "DESCONEXÃO"
 
 
 
 
GIRO MPB: Como foi seu primeiro contato com a música?
 
ANA MACHADO: Minha família sempre foi muito animada, gostam muito de festa e qualquer encontro é uma boa desculpa para escutar música e dançar. Parte disso acredito que tenha a ver com a cultura da cidade onde nasci e cresci, Cuiabá - Mato Grosso. Lá as músicas e as danças regionais são muito valorizadas, fazem parte da característica do povo cuiabano. Além disso, lembro de crescer ouvindo um pouco de tudo, desde os boleros que minhas avós adoravam cantar, passando pelo rock nacional, bossa nova e MPB que meus pais costumavam colocar sempre quando viajávamos de carro. Então, posso dizer que a música sempre fez parte da minha vida. Ainda pequena, devia ter uns 6 anos, lembro de pedir pra minha mãe me ensinar alguma música no piano. Eu sempre via ela tocando e o jeito que ela movimentava as mãos enquanto tocava me deixavam encantada. Ela me ensinou algumas notas de Noite Feliz e saiu pra atender o telefone, quando ela voltou eu já estava quase tocando a música inteira sozinha, foi ai que ela e meu pai perceberam que eu poderia ter algum dom para a música e me incentivaram a começar a ter aulas de teclado. E foi a partir daí que eu comecei a me apaixonar por essa arte.  
 
 
GIRO MPB: Você sempre quis cantar ou já pensou em seguir outra profissão?
 
 
ANA MACHADO:. Quando eu era pequena eu costumava falar que queria ser cantora, professora, mãe e veterinária. Acho que eu sempre gostei de fazer um pouco de tudo hahah. Inicialmente eu levava a música como um hobbie, gostava de tocar, cantar e escrever pra relaxar. Quando precisei escolher uma profissão optei por fazer Jornalismo e logo depois Relações Internacionais, acabei me formando nas duas áreas. Mas não me sentia completa, o que me fazia feliz mesmo era compor e cantar e sempre que mostrava minhas composições para alguém, as pessoas me diziam que eram músicas que as deixavam felizes e leves e escutar isso delas me deixava feliz e preenchida. Então aos poucos fui levando a sério a minha carreira, produzindo profissionalmente minhas músicas e começando a me apresentar em público. 
 
GIRO MPB: Quais são suas referências musicais? 
ANA MACHADO: Minhas referências são Nina Fernandes, Mariana Nolasco, Clarice Falcão, Anavitoria e Taylor Swift.
 
 
GIRO MPB:Quando você compõe suas canções você prefere escrever sozinha ou com parcerias?
 
ANA MACHADO: Eu costumo escrever muito sozinha, mas este ano tive a oportunidade de conhecer artistas incríveis e começamos a escrever algumas músicas juntos. Está sendo uma experiência incrível e enriquecedora conhecer outros estilos de composição. Estou aprendendo muito. 
 
GIRO MPB: O que te motivou a escrever a sua nova música de trabalho "Desconexão"?
 
ANA MACHADO: Nessa experiência de escrever músicas com outros artistas, nasceu o single "Desconexão". Foi uma música em que quis explorar o tema da internet, mais precisamente os relacionamentos através das redes sociais. Muitas vezes idealizamos a personalidade de uma pessoa por aquilo que ela posta e demonstra ser nas redes sociais e quando nos damos conta que a pessoa não é nada daquilo que achávamos, acabamos nos decepcionando. As referências dos artistas e poetas em que a música cita é parte dessa narrativa de se identificar com o que a pessoa gosta e compartilha e você achar que encontrou sua 'alma gêmea' só por gostar das mesmas coisas que ela e aí você começa a idealizar uma vida juntos, muitas vezes sem nem conhecer a pessoa. 
 
GIRO MPB: Fale um pouco sobre o processo de criação do videoclipe do seu novo single "Desconexão" ?
 
ANA MACHADO:. O clipe de "Desconexão" costumo brincar que foi produzido pela quarentena produções. Eu produzi em casa, gravei sozinha no meu quarto com um pano branco e editei. A ideia central do clipe foi interpretar diferentes personalidades ou sentimentos (através dos personagens) que podemos ter num relacionamento. Por exemplo, quando apareço com o penteado de maria-chiquinha com o ursinho, quero passar a ideia de que quando estamos apaixonados agimos como a nossa criança interior: inocente e feliz. Cada personagem apresenta uma fase do relacionamento, um sentimento ou uma personalidade que demonstramos nas redes sociais. Tem a girlboss que não sofre mais por amor, a debochada que ironiza o amor cantando lixando a unha e por aí vai. 
 
 
GIRO MPB:Quais são seus planos para o futuro ?
 
ANA MACHADO: Tenho músicas novas que estou trabalhando e pretendo lançá-las o mais breve possível. Tenho planos também de realizar um show para divulgar as novas músicas e celebrar as conquistas deste ano, como o lançamento de "Desconexão" que está sendo bem aceito nas plataformas digitais. 
 
Obrigada!   
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!